sábado, 29 de maio de 2010

Matar e morrer


Você é a saudade que eu nunca consegui matar. Eu aqui, com todas as armas de fogo na mão e nada. Você olha pra mim com esses seus olhos de turista e eu tenho tanta vontade de acabar com a tua raça só porque eu não sou assim, tão desprendida pra viajar por aí com você.
A falta de controle que você me causa, a irritação, a gastrite, é tudo de morte. Mas com você eu vivo, mesmo sempre morrendo de saudades.
Rani Ghazzaoui

2 comentários:

  1. Texto perfeito!
    Adorei seu blog!
    Vou te seguir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que bom Don! Seja bem vindo sempre!!!
    :)

    ResponderExcluir