terça-feira, 29 de junho de 2010


Nada é para sempre, dizemos, mas há momentos que parecem ficar suspensos, pairando sobre o fluir inexorável do tempo.

Saramago

2 comentários:

  1. É o que sentimos naquele momento, é o que sentimos que se eterniza.

    ResponderExcluir
  2. Salve, Saramago!!

    Um abração Hannah!!!

    ResponderExcluir